Vai Saber

Vermelho veste
Chega envolto
Vestido
Sorriso inteiro
Pronto
Sereno
Com muito por dizer
Ser ouvida é prazer
Entregue e proporcionado
Encanto
Registrado
Nas cadeiras do lugar
Nas suas marcas de batom
Pelo copo
Pelo corpo
Deitado em culpa
Sem planejar
Antever
Afinal
Querer
Era para ser
Simples
Viver
Acorda
Tem beijo no rosto
Carinho
Café
E a estrada
A sua
E a minha
Jornada
Do gesto
Do nosso jeito
Amar
Foi escrito
Quase nada.

« Voltar