Silêncio Sagrado

Em meio
Em tanta
Luz

Fumaça
E devaneio
Ágil
Pensamento
Exilado
Da
Consciência
Este
Perigo
Esconde
Passado
Beijo
Cama
E
Presença

Mas falta se
Mas falta sim
E
No seu
Tudo bem
Minha
Resposta
Automática
Meu bem
Sai
Rasgando
De mim

E no aguardo
E no preparo
Do futuro
Cuidado
Carinho
Somos todos
Feitos
Do que machuca
Mas
Não se preocupa
que
sempre
Transformamos
mentira que sangra
Em
Sagrado
É o começo do silêncio
E o fim do pecado.

« Voltar