Perdão sim ou não

Sou um monstro
Lido com muitos bichos
Estranhos

Minha dor não consiste
Coexiste e existe
Em intensa explosão

Perdoa, digo a quem
Não aceita
Pois amigo só
Vê luz que vem

« Voltar