O autor

Felipe Belão é escritor, professor e palestrante. Nasceu em Curitiba, ao meio-dia de 26 de Abril de 1983 e cresceu jogando bola na Vila Fanny. Estudou no colégio da Polícia Militar do Paraná, no qual se destacou ganhando prêmios de honra ao mérito estudantil e foi comandante geral do corpo de alunos.

Foi aprovado em primeiro em todos os vestibulares que prestou (PUCPR, UFPR e UEL). Ganhou bolsa e cursou Comunicação Social – Publicidade e Propaganda na PUCPR, no qual conquistou o prêmio Marcelino Champagnat como melhor aluno de Publicidade e Propaganda de seu ano de formatura.

Trabalhou em agências de publicidade, com pesquisa científica, no marketing político, em marketing de empresas.
Especializou-se em Engenharia Econômica e Mercado Financeiro. Usou a bolsa do Prêmio Marcelino Champagnat para cursar o Mestrado em Administração Estratégica.

Já em 2007, começou a lecionar. Em paralelo, chegou a ser gerente de marketing, mas largou a vida empresarial em 2011 para se dedicar mais às aulas e ao empreendedorismo. Abriu empresa, vivenciou as dificuldade de empreender no Brasil e no mercado Curitibano. A criatividade e inovação sempre fizeram parte de suas aulas, e assim, desde 2014 ministra palestras sobre temas futuristas e reflexivos.
Professor da PUCPR por 7 anos, hoje atua na FAE e em outras instituições nacionais, lecionando para graduação e pós-graduação nas áreas de criatividade, mídias, redes sociais digitais e comunicação digital. Em 2015, também começou a lecionar para a Steinbeis University Berlin por meio do IELPR.

Vida de escritor

Em 2010, lançou seu primeiro livro, o romance Vitrine de Sonhos pela Editora Inverso. O lançamento foi no Quintana Café em Curitiba e, já em sua estreia, reuniu mais de 250 pessoas. Neste livro relatou sobre a vida de um jovem recém-formado e intenso, Tito Tassus, encarando a vida de frente. Vivendo amores e frustrações do início da vida profissional e adulta.
Em 2011, escreveu sob encomenda o livro Canção da Simples Vida – A história de Esther Karam. Relatou nesta obra a vida da cantora lírica do Teatro Municipal de São Paulo. Sua vida no começo da rádio e da TV no Brasil. Sua luta como mulher talentosa num cenário artístico cheio de desafios e preconceitos.
Em 2012, publicou o livro de contos e crônicas Monólogos de Menino que segue a história de Tito em episódios de coragem e cheios de referências da cultura pop, intensos em paixão e singelo em seu olhar de menino. Este livro concorreu ao prêmio Jabuti no ano de 2013.
Em 2014, terminou e publicou seu terceiro livro autoral: No Lugar do Meu Pai, Eu. O quarto livro de sua carreira marcou o fim da trilogia de seu personagem, num romance forte e denso que fala da importância das figuras paternas na vida de um homem.
A publicação mais recente é Beijo Livre, livro lançado em 2015, onde ele retrata a paixão livre quando o assunto é beijo. São crônicas e contos que falam do encontro de corpos e bocas, no livre sentir e imaginar. Também conta com algumas poesias espalhadas que dão o tempero final, junto com as ilustrações que mostram a liberdade de tudo quando o assunto é beijar na boca.

« Voltar